Se você no passado efetuou alguma doação ou mesmo empréstimo a outras pessoas físicas é necessário informar esses dados na sua declaração anual.

O contribuinte deverá abrir um item com o código correspondente a cada bem e/ou direito recebido em doação no ano referente. Na própria ficha: “Bens e Direitos”, no campo “Discriminação”, devem estar relacionadas  – principalmente – suas doações, com indicação da espécie e o número de inscrição no CPF do doador.

Neste caso, em especifico, deve informar também na ficha “Pagamentos e Doações Efetuados”, o nome, número de inscrição no CPF do beneficiário e o valor doado assim como  o código 24 (outros). Já no caso de bens recebidos em doação em adiantamento da legítima, deverão entrar no campo “Discriminação”.

Como declarar os empréstimos realizados a terceiros?

Bastando ir à seção “Bens e Direitos” e informar o código 51 e no campo “Discriminação”, o nome e o número de inscrição no CPF do mutuário e o valor posteriormente recebido.  Não se esqueçam de que aqueles que tomaram empréstimos de terceiro deverão informar os respectivos dados na ficha “Dívida e Ônus Reais”.

Qualquer coisa, para maiores consulte o site: http://www.receita.fazenda.gov.br/